sábado, 26 de março de 2016

Dando um grau no Barão

O Barão vermelho é um fusca ícone entre os Cangaceiros. Foi o que passou mais tempo em reforma (aproximadamente 4 anos), bem ao estilo "faça você mesmo". Esse é o 2º fusca da vida de Fabricio, o primeiro foi um 75 que lhe ensinou todos os macetes desse universo, mas logo se foi.


Depois de um tempo, veio o Barão, um fusca resgatado, que passou por várias fases entre desmontagem, funilaria, pintura e, por fim, a remontagem. Todas complicadas. Só na etapa final, depois de quase 4 anos sendo reconstruído em casa, o Cangaço entrou e entrou com vontade pra terminar esse fusca 86 e terminamos.


O Barão rodou por um bom tempo, mas logo começou a apresentar algumas questões que precisavam ser refeitas, então foi encostado novamente pra uma nova pintura.

Passada essa etapa, é hora de refazer as coisas. Refazer a parte elétrica com algumas melhorias, juntamente com Fernandinho (que manja muito).

O Danado e o Tigrão do lado de fora..

Sim, Fernandinho cabe na mala do fusca, mesmo com seus 1,90m!! 
Depois demos um grau nos freios do Barão, limpeza geral dos tambores, troca dos cilindros de freio e sangria.

Por enquanto uma camada de poeira.



Aos poucos o Barão vai tomando forma novamente, tá sendo muito bem cuidado. Pena que a rotina de trabalho de Fabricio acaba obrigando a fazer todos os serviços nos horários livres..

Simbora que logo esse 86 vai voltar às ruas tão bom quanto sempre foi!

quarta-feira, 9 de março de 2016

1º Encontro de veículos antigos do grupo Rota BR 232

Neste último domingo, dia 06/03, ocorreu no bairro de Parnamirim, o primeiro encontro promovido pelo grupo Rota BR 232. 

Infelizmente os Cangaceiros não estiveram presentes, mas aqui segue o registro desse encontro fantástico que trouxe muitos carros top!

Segue algumas fotos do evento que fez inveja a quem não foi!


Brasilia de Luciano sempre chamando a atenção, não é à toa que ganhou o prêmio de melhor VW do evento!






Silas sempre presente com suas variedades de peças originais




Amigos do Fusca de Igarassu chegando lá
 




Um encontro pra família toda
 

Os veículos do Rota
Os Amigos do Santana
 

Um evento show!
 


Esperamos poder chegar no próximo evento do grupo Rota BR232! Fez inveja!

As fotos foram gentilmente cedidas pelo grupo Rota BR232 e pelo Clube do Fusca de Igarassu.

sábado, 5 de março de 2016

Rememorando a volta do Danado

Vou contar um pouco de uma história do Danado, esse fuscão 74 que faz juz ao nome..

Esse fusca sempre foi um danado mesmo! Pra tudo era tudo muito complicado ou difícil de fazer acontecer! Inclusive ele sempre teve uma péssima reputação de não pegar a estrada, já que toda vez que íamos pegar a BR pra ir a qualquer lugar, ele dava algum pau. Mesmo até depois da reforma dele, com tudo novinho, todo macio...

Antes de pegar a estrada na ida ao Fuscampina 2014
Numa dessas, indo ao Fuscampina de 2014, quando a gente estava em Goiana-PE, o motor foi pro saco...

Já na estrada, pouco antes do motor dar pau...
Na hora foi uma mistura de raiva e de não saber o que fazer, já que a gente tava no meio do nada, só estrada/mato/céu. Mas eis que surgiu do nada um reboque e nós o levamos até João Pessoa, nas dependências de um amigo nosso de lá.


No reboque que apareceu do nada (detalhe do risco no asfalto pelo bojo do escape (de tão baixo)
(A volta do Fuscampina foi boa porque eu finalmente fiz o anúncio da aquisição do 61 e já o trouxe comigo, mas depois de um ano foi vendido).

Um mês depois, fomos resgatar ele de Jampa e trazer pra casa com o apoio de Chico e de Cristiano Mineiro..


Guardadinho em Jampa..


No cambão, pronto pra ir pra casa..
O motor foi aberto e inspecionado por Ivan Gomes, grande nome aqui da região e que fazia parte da turma que corria nos anos 90 aqui em Recife..


Abrindo
 O diagnóstico: Calço da biela derreteu por falha de lubrificação/refrigeração.


Calço derretido

É, foi feio...
Mesmo assim o motor ficou em standby por quase um ano, antes de começar a mexer nele. Todas as peças compradas, inclusive com um toque de preparação leve das antigas (comando de kombi, cabeçotes de 1300 reabertos e kit 1600). Receita fantástica pra dar mais ânimo ao motor, inclusive mantendo até a aparência de um 1500, já que tem uma entrada simples do coletor..


Siena 1600? Não, só o transsporte mesmo.. kkk
A montagem e teste foram feitos na oficina de Ivan e a montagem foi feita aqui em casa mesmo, com o apoio dos amigos Fernandinho, Fabricio e Danilo.

Agora sim, colocando no lugar..
video




No lugar

Ligando e fazendo os ajustes
 

Fomos calibrar os pneus depois de alguns meses parado..

video

video

Depois de um tempo o Danado foi colocado à venda, mas depois de tantas propostas quase apelativas, resolvi não vender mais..

Algumas melhorias estéticas foram feitas desde então, como a troca de frisos, reajuste na altura, troca de rodas e pneus por aros 15", aposentando as 13" que estavam nele..

Recentemente, no último passeio que fizemos até Carpina, coloquei o Danado à prova e ele FINALMENTE pegou a estrada e foi tranquilo, muito macio..



Aprovadíssimo!

Sempre temos histórias pra contar com nossos fuscas, esse é apenas um pequeno resumo de tantas que eu já vivi com esse carrinho!

quarta-feira, 2 de março de 2016

Mensal do CFPE

Toda primeira terça feira de cada mês o Clube do Fusca de Pernambuco promove um encontro bem casual com associados e não associados, na orla da praia de Boa Viagem aqui em Recife.

Um encontro onde todos participam, conversam e trocam muitas idéias sobre o universo vw a ar.

Estes são apenas alguns registros de alguns amigos que foram!











Não liguem para a qualidade das fotos!! Desta vez foi pelo celular!!!